dicas

Uma Década de História no Café e um Coffee Lab Novo


Tradições e padrões familiares são difíceis de mudar ou quebrar. Seguindo, então, a inquietude cigana da família Raposeiras, mudo, nessa semana, para a terceira casa desde que oficialmente abri a empresa, em 2004, quando ocupei a primeira sede no Campo Belo.

Sogro, sogra, marido e eu completamente exaustos com a montagem no Campo Belo…

Muita gente me pergunta como comecei no ramo do café. Aqui vão pitadinhas do começo dessa história que fez 10 anos em Novembro de 2010:

• 2000: uma amiga me convidou para ajudá-la a montar uma cafeteria em sua rede de lojas. Aceitei e comecei a desenvolver o projeto. Deparei-me com um tal de “Café Especial” e me encantei.

O Início de tudo.

• 2001: Ipanema Coffees, fornecedor da cafeteria da minha amiga, me convidou para trabalhar em seu projeto de varejo, que se chamava Cafeeira. Fui.

• 2002: ganhei o Primeiro Campeonato Nacional de Barista, em março. No fim desse mesmo ano saí da Cafeeira e fui trilhar carreira solo, dando cursos, treinamentos e fazendo eventos com café. Todos os anos viajava para a Escandinávia para estudar.

Foto do dia em que ganhei o Primeiro Campeonato Nacional de Barista e minha vida mudou!

• 2003: mais, muito mais de cursos, treinamentos e eventos.
• 2004: primeira sede da empresa que se chamava Academia de Barismo.
• 2006: mudança para a casa de Pinheiros, onde fomos muito felizes até agora.

Nessa casinha, maior do que se pode pensar apenas olhando para sua fachada, vivi muitas coisas, boas e ruins. Cresci, aprendi, quase fali, me recuperei e criei o meu jeito de entender, trabalhar e fazer café. Aprendi a ser empresária, além de Barista, e espero diariamente ficar atenta aos desafios de manter uma empresa saudável em vários níveis, dia após outro.
Desde agosto de 2009 estamos com o projeto Coffee Lab funcionando, com torras super precisas de micro lotes selecionados a dedo. A ausência de balcão nos aproxima dos nossos colegas/clientes de xícaras de café e traz calor à nossa produção germanicamente detalhista, metódica e precisa.
Como diz um amigo: “os clichês servem para reforçar coisas importantes”. Então lançarei mão de um dizendo que minha equipe é parte fundamental na construção do Coffee Lab e adoro nossa interação e o quanto eles me fazem crescer. Valeu muito, pessoal!! Espero que continuem construindo a história do Coffee Lab durante muito tempo junto comigo.
Essa dinâmica de equipe e o conhecimento sempre exercitado e atualizado nos renderam alguns prêmios oficiais em 2009, pois os não oficiais são diários, como o retorno de cada cliente, os elogios, as dúvidas, as críticas, a companhia silenciosa.

• Melhor café pela revista Época, pelo júri da revista e eleição do púbico
• Melhor café pelo Guia da Folha de São Paulo
• Segundo lugar pela Comer e Beber 2010 da Veja São Paulo

Estamos felizes com o trabalho realizado nessa casinha, com três mesinhas, equipamentos sensacionais, material humano de primeira categoria e muita vontade de fazer o melhor café que achamos possível no nosso contexto e para nosso gosto, é claro.
Estamos ainda mais felizes com o projeto Coffee Lab Vila Madalena, que tem a nossa cara, nosso jeito e bem mais de espaço ; ).

Uma amostrinha da obra do novo Lab!
Abriremos as portas logo após o Carnaval, mas faremos degustações fechadas no novo Lab para quem estiver disponível e ligado no Twitter.
Até logo e bons cafés até lá!

Tweet me!

Newsletter para amantes de café

Nós amamos, fazemos e conversamos café. Em nossa newsletter compartilhamos algumas de nossas experiências e aprendizados. Enviamos apenas uma vez por mês, respeitando sua atenção. Quer receber?

Assine a newsletter do Coffee Lab →

7 comentários

  • Nessa casinha, maior do que se pode pensar apenas olhando para sua fachada, vivi muitas coisas, boas e ruins. Cresci, aprendi, quase fali, me recuperei e criei o meu jeito de entender, trabalhar e fazer café. Aprendi a ser empresária, além de Barista, e espero diariamente ficar atenta aos desafios de manter uma empresa saudável em vários níveis, dia após outro.Desde agosto de 2009 estamos com o projeto Coffee Lab funcionando, com torras super precisas de micro lotes selecionados a dedo. A ausência de balcão nos aproxima dos nossos colegas/clientes de xícaras de café e traz calor à nossa produção germanicamente detalhista, metódica e precisa.Como diz um amigo: “os clichês servem para reforçar coisas importantes”. Então lançarei mão de um dizendo que minha equipe é parte fundamental na construção do Coffee Lab e adoro nossa interação e o quanto eles me fazem crescer. Valeu muito, pessoal!! Espero que continuem construindo a história do Coffee Lab durante muito tempo junto comigo.Essa dinâmica de equipe e o conhecimento sempre exercitado e atualizado nos renderam alguns prêmios oficiais em 2009, pois os não oficiais são diários, como o retorno de cada cliente, os elogios, as dúvidas, as críticas, a companhia silenciosa.• Melhor café pela revista Época, pelo júri da revista e eleição do púbico• Melhor café pelo Guia da Folha de São Paulo• Segundo lugar pela Comer e Beber 2010 da Veja São PauloEstamos felizes com o trabalho realizado nessa casinha, com três mesinhas, equipamentos sensacionais, material humano de primeira categoria e muita vontade de fazer o melhor café que achamos possível no nosso contexto e para nosso gosto, é claro.Estamos ainda mais felizes com o projeto Coffee Lab Vila Madalena, que tem a nossa cara, nosso jeito e bem mais de espaço ; ).

  • Espero que a demora de meses seja compensada pelas novidades que trago. Também espero que nossos próximos contatos sejam mais frequentes.Vamos começar pelo “primeiro ano do resto da minha vida”, ou seja, a criação do projeto Coffee Lab. Sempre fui apaixonada e desafiada pela complexidade da torra. Estudei em alguns países ao longo da minha trajetória e torrei grãos nas mais diferentes máquinas que podem imaginar. Após minha última empreitada didática em busca de mais conhecimento e experiência em torra – com o Peter Dupont e o Tim Wendelboe – decidi dar o meu “próximo passo”. Decidi montar um laboratório de torra em que teria os melhores equipamentos, matéria prima e métodos para estudar e pesquisar o potencial do nosso café de qualidade e sua variedade sensorial. Costumo dizer que o caminho do café Especial no Brasil teve um desenvolvimento peculiar: começou com a matéria prima de alta qualidade disponível aqui. Depois “pulou” para o profissional Barista e a importância dos métodos de preparo e interação com bons equipamentos. Agora, sinto que estamos prontos para irmos em busca do que considero uma das etapas mais complexas e sensíveis da cadeia por trás da xícara: a torra. Vejo um movimento generalizado acontecendo nesta direção e o Coffee Lab faz parte dele. Vejam o processo “obras”.

  • Um exemplo onde o real e o virtual se unem é o Laboratório de Fabricação (Fab Lab). Fab Labs são pequenas fábricas interligadas espalhadas por todo o mundo, da Indonésia à Noruega, do Afeganistão à Nova Zelândia. As máquinas nos laboratórios são controladas por computador, máquinas de fabricação digitais, que tornam mais fácil partilhar os projetos com outros laboratórios internacionalmente, para se adaptar e produzir localmente. Ao nível industrial a fabricação digital está na vanguarda do que alguns já chamam a próxima revolução industrial. Um modelo de fusão com a nossa sociedade em rede, no qual o fluxo de informação está ligado com a produção da matéria visível ao nosso redor.

  • Conheci a Lab pela primeira vez neste sábado 01/12/12 e me encantei com tudo!! o ambiente, as pessoas que trabalham, o método de servir e preparar os cafés, o tostex, os bolos e a água de graça…estou absolutamente encantado e, como todo bom “case” de marketing, recomendei para 10 pessoas!!.
    Reclamação Nº 1 (e única) : porque fecha tão cedo!! quero ir depois do trabalho durante a semana e não posso.. :( e sabado tambem….20:00 hs e muito cedo!! rsrs…
    Onde vai ficar a casa nova? quando inaugura? vosês podem me avisar por e-mail?? como faço pra ficar sabendo? Um beijo a todos e PARABENS!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>