grãos, produtores

O grão do Valdeir Tomazini floresceu!


Um dos cafés mais elegantes e complexos que temos toda a safra são do produtor Valdeir Tomazini. Na safra 2019/20 não foi diferente. No entanto, por meados de maio desse ano, ele começou a desviar sensorialmente do seu melhor potencial e apresentou alguns probleminhas na bebida. Sabíamos, então, que o perfil de torra já precisava de ajustes para ele se “amostrar” de novo.

Fizemos o seguinte – a partir do perfil que estava sendo usado, fizemos quatro torras, mudando um parâmetro por vez em cada uma, conforme a tabela abaixo:

Os dados na tabela se referem a torras realizadas num torrador Diedrich IR-12 automático, instalado no Coffee Lab, SP. Não recomendamos reprodução dessas temperaturas fora desse contexto sem supervisão de um especialista.

Provamos os quatro testes contra nossa referencia e vimos que a torra com temperatura inicial maior nos deu de volta aquela acidez linda de cerejas frescas e bergamota que este café tem, bem como seus aromas correspondentes. O corpo e a doçura melhoraram consideravelmente também. O perfil com temperatura final maior também nos deu indicações de uma textura de corpo mais interessante. O que fizemos, então? Fixamos o teste 4 como nossa referencia e aumentamos um grau sua temperatura final. BINGO!!

Achamos de novo aquela café maravilhoso, cheio de aromas, doce e macio que a família Tomazini produz.

Caso você queira aprender mais sobre desenvolvimento de perfis de torra e como as variáveis influenciam nos sabores do café, nosso curso de Torra Online está na 5a turma.

Mas se você que experimentar o café do Tomazini torrado no novo perfil, temos o delivery para quem está em São Paulo e a nossa loja online que atende aqueles mais distantes de nós geograficamente.

Bons cafés e até a próxima xícara!

Newsletter para amantes de café

Nós amamos, fazemos e conversamos café. Em nossa newsletter compartilhamos algumas de nossas experiências e aprendizados. Enviamos apenas uma vez por mês, respeitando sua atenção. Quer receber?

Assine a newsletter do Coffee Lab →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.